segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Atrasei-me

Não foi quando as conheci. Foi quando percebi que íamos ser amigas. Das que falam, falam, falam. Das que ficam ao lado. Das que fazem pensar: estas quatro. Pensei: cheguei tarde. Em dois momentos pensei: atrasei-me e agora não há nada a fazer. Foi quando vi fotografias do casamento e do coche a descer a Sé. E quando ouvi a descrição da despedida de solteira que não precisou de strips. Pensei: nada a fazer. Já passou e eu não estive lá. E já tinha desistido de pensar nisso. Tinha dado o caso por encerrado. Só que há doidos para tudo. E agora que chegamos a 2009 depois de um ano de muito drama, ela dá-nos a notícia: vou casar. Mas não nos dá a notícia no dia em que é pedida em casamento, à pressa, ao telefone. Nem nos chama lá a casa para um chá e uma fatia de bolo de chocolate. Escolhe dar-nos a notícia enquanto faz uma rotunda. Tira a mão do volante enquanto faz a rotunda e mostra-nos o anel. E nós fazemos o que se espera de nós: gritamos, olhamos umas para as outras e gritamos mais. E eu penso: afinal cheguei a tempo.

6 comentários:

SCS disse...

Nunca é tarde... É sempre o tempo certo! E tinha que ser assim, para nunca mais nos esquecermos!
Abracito!

juliette disse...

Era para isso que querias o "coche"? :)

PS: Tão bom quando há motivos para gritar em histeria, entre amigas, como esse.

SMS disse...

Puta! Eu também pensei isso, exactamente! E-X-A-C-T-A-M-E-N-T-E!!!! Quando vi as fotos pensei: como é que eu não estive neste dia, tão importante? Como é que podemos ser tão amigas se eu falhei isto e ela falhou o meu dia? Como? E afinal... Afinal não vou falhar. Quanto ao meu dia, vocês não vão falhar as nossas brutais comemorações de anos redondos juntos! A próxima é já para o ano! Me aguardem! (puta, pá! Só tu para sentires exactamente o mesmo que eu senti!)

Anette disse...

E eu acho que isso é muito bonito.

Anónimo disse...

Fiquei com lágrimas.
Muito bonito mesmo quando se chega tarde.
soniaq

Sanxeri disse...

HUm, a amizade assim é uma coisa tao boa!!